Terceiro Talk das Gêmeas da arquitetura é sucesso na ExpoRevestir

Terceiro Talk das Gêmeas da arquitetura é sucesso na ExpoRevestir

#cheers #hellofolks

Especialistas e muito conhecidas pelos debates de temas que trazem dúvidas no dia a dia, as gêmeas da arquitetura Fernanda e Mariana Mattos realizaram o talk “Você é substituível? Humanizar ou Digitalizar. Eis a questão”, na última sexta-feira, dia 15, no stand do Roca Brasil, realizado no ExpoRevestir 2019.

Ao lado das irmãs arquitetas, estiveram Luci Praun, socióloga e do Ux designer, Stefan Martins, que abordaram de maneira interativa tudo que envolve este universo delicado, mas repleto de alternativas interessantes.

O tema escolhido para esse talk foi a tecnologia. Como utilizar a tecnologia de forma positiva na área de arquitetura? “Muitas vezes esse tópico causa uma sensação de medo e incerteza, e é sempre bom conversar sobre essas atualizações para agregar no mercado e, principalmente, em nossa área. Isso também ajuda a entender o que acontece no mundo de hoje”, comenta Mariana.

Para Fernanda, o compartilhamento de experiências na área da arquitetura não é algo muito utilizado, por isso, sentiram a necessidade de criarem esse “talk das gêmeas”. “Somos gêmeas, desde cedo aprendemos a compartilhar tudo na vida, desde o nascimento, festas, amigos, faculdade e agora, o trabalho. Para nós, compartilhar é algo muito nato, e desde então, percebemos que falta essa troca de conhecimento e experiência em nossa área, não existe esse hábito ainda”, conta.

Além dessa troca de experiências, as pesquisas ajudam a concretizar essa realidade com dados e porcentagens, que realçam essa importância da tecnologia na área das gêmeas. “Nos deparamos com alguns dados um pouco assustadores, uma das fontes é do livro “Inevitável”, do escrito Kevin Kelly, que aponta sobre o futuro, em que 65% das crianças de hoje, terão profissões que ainda nem existem. Além disso, 54% dos empregos hoje podem ser substituídos por robôs”, declara Mariana.

Mariana ainda comenta sobre a classe de arquitetos, atualmente, existe apenas 1,8% de chance de não serem substituídos por robôs. “Mas até quando? Os dados são de hoje, mas não sabemos até quando esse dado vai permanecer. Precisamos entender as necessidades que vão aparecer e sempre contribuir para não ficarmos para trás. Nos unir com a tecnologia para movimentar nossa profissão”, finaliza.

A pesquisadora e socióloga, Luci, acredita que tudo está ligado com a natureza da profissão. “O próprio ser humano constrói sua tecnologia em sua profissão e cabe a ele descobrir como isso pode repercutir diariamente nas situações de trabalho”, explica.

Já para o design, Stefan, a tecnologia sempre vai precisar de pessoas coordenando ações atuais. “A tecnologia por si só não vai conseguir fazer certos trabalhos que depende de criatividade e serviços mais manuais. As palavras mudam, as ideias e planos de trabalho, é necessário que uma pessoa esteja a frente sempre nessas ocasiões”, conta.

Quem estava presente na oportunidade, é a consultora de Comunicação e especialista nas mídias sociais, Juliana Bontorim. “Um trabalho feito de maneira organizada e eficaz com as gêmeas. Dei media training para elas, mas elas ultrapassaram a expectativa de sucesso e estão dedicadas à profissão e à comunicação”, comenta Bontorim sobre o encontro na feira.

Quem também parabenizou as gêmeas pelo talk, foi a Christine Schulka, do marketing do Roca Brasil. “Foi um grande sucesso. O pessoal adorou! Com certeza, pensaremos em mais projetos com as gêmeas, como por exemplo, um “webinar”, para deixarmos em nossas páginas”, comenta.

Mais informações sobre o “talk das gêmeas”, acesse, clicando aqui.

O “talk das gêmeas” terá divulgação de novas programações e contará tudo para nós. Em breve, mais informações e novidades.

 

Deixe um comentário

Seu e-mail está seguro com a gente.